05 de Março de 2021
FELIZ NATAL
Publicado em: 18/12/2020 às 08:05

Ex-segurança é preso acusado de repassar informações para roubo em mineradora; sete mandados cumpridos

Um dos suspeitos confessou que praticou o roubo com os demais comparsas presos e disse que a quadrilha tinha guardado as armas utilizadas no assalto nas proximidades da mineradora.
olhar direto

A Polícia Civil de Comodoro (644 km de Cuiabá) cumpriu, na última quarta-feira (16), sete mandados de busca e apreensão decorrentes de uma investigação de roubo em uma mineradora, ocorrido no município de Nova Lacerda (546 km da Capital). Um ex-segurança da empresa foi preso, acusado de repassar informações que subsidiaram o crime. 



O roubo ocorreu no dia 28 de novembro, quando um grupo de aproximadamente 15 pessoas invadiu uma mineradora no município de Nova Lacerda. Na ocasião, nove pessoas foram presas em flagrante, sendo também apreendidas quatro armas de fogo e quatro veículos. Os suspeitos e os objetos foram localizados após uma rápida resposta das Forças de Segurança, que conseguiram encontrar parte do grupo criminoso ainda nas proximidades da mineradora.

 



Em continuidade aos trabalhos investigativos, no dia seguinte (30.11), mais três envolvidos no roubo foram presos em Pontes e Lacerda e parte do ouro roubado foi recuperada. Com a prisão dos suspeitos, as investigações se aprofundaram, sendo possível identificar mais quatro participantes da ação criminosa, entre eles um menor de idade.

Com base nas apurações, o delegado João Paulo Berté representou pelos mandados de busca e apreensão nas residências dos identificados, que ainda estavam foragidos, e deferidos pela Justiça. As ordens judiciais foram cumpridas nesta quarta-feira (16), no município de Pontes e Lacerda, onde moram os identificados.

Segundo o delegado, um dos suspeitos foragidos trabalhou como segurança da mineradora. “As investigações confirmaram que ele repassou o esquema de segurança da empresa para os comparsas e indicou a forma como os criminosos deveriam agir”, explicou.

O suspeito foi preso na manhã desta quarta-feira no município de Tangará da Serra por policiais civis do município. Os trabalhos resultaram ainda na apreensão de uma motocicleta de um dos foragidos, que foi localizada pelos policiais de Vila Bela da Santíssima Trindade.

Durante as buscas em uma das residências, os policiais aprenderam entorpecentes, o que resultou na prisão em flagrante de uma mulher que foi encaminhada para a Delegacia de Pontes e Lacerda.

O caso

Os integrantes da quadrilha, que invadiu uma mineradora, na região da Gleba São Vicente, no fim de semana, em Nova Lacerda, saíram atirando em todos que viram no local. Duas pessoas acabaram feridas pelos bandidos, que levaram uma quantidade de ouro e dólares. Ao todo, dez foram presos pela Polícia Militar.

Por volta das 21h30 de sábado (28), a equipe da Força Tática foi informada por funcionários de uma mineradora próxima a cidade de Conquista D’Oeste, que o local estava sendo invadido por assaltantes. De imediato, a PM foi até o local e se deparou com uma caminhonete Hilux abandonada pelos suspeitos. O veículo teria sido roubado.
 
De acordo com as vítimas, a quadrilha saiu da mata com roupas camufladas e os suspeitos saíram atirando em todos que foram vistos. Dois seguranças do local, que estavam armados e com coletes balísticos, foram alvejados e encaminhados ao hospital.
 
Segundo os funcionários, o grupo rendeu e amarrou um casal levando cerca de 4 kg de ouro em barra, 4 mil dólares, joias, um revólver cal. 380 e a caminhonete Hilux.
 
Em rondas, uma equipe da PM prendeu um dos suspeitos em um carro Fiat Pálio. O homem detido entregou o nome de seu outro comparsa. Dando sequência as buscas e com a região cercada, os policiais conseguiram localizar mais três suspeitos em um carro Parati, além de mais quatro homens em um carro Fiat. Os suspeitos estavam com as vestes sujas e apresentavam escoriações pelo corpo.
 
Um dos suspeitos confessou que praticou o roubo com os demais comparsas presos e disse que a quadrilha tinha guardado as armas utilizadas no assalto nas proximidades da mineradora. Todas foram apreendidas, sendo que uma delas pertencia a Polícia Civil do Distrito Federal.
 
Uma camionete Hyundai Santa Fé foi apreendida com mais dois suspeitos que estavam hospedados em um hotel em Conquista D’Oeste. Eles teriam dado apoio logístico ao restante da quadrilha.
 
A polícia encontrou em todos os veículos apreendidos na ação roupas e bolsas camufladas. Os suspeitos confessaram o crime e relataram que parte do grupo conseguir fugir pela mata. Eles disseram ainda à PM que na noite de sábado se reuniram na casa de um deles para reunião para planejar a ação criminosa à mineradora.

Fonte: olhar direto
Notícias relacionadas

Quem Somos

Somos OFato.net um “site” que tem o prazer em dar a notícia, receber as opiniões de vocês amigos Leitores, onde podemos debater ideias.

Enquete

Para você qual a Secretaria com o pior desempenho em Feliz Natal